sábado, 31 de março de 2012

segunda-feira, 26 de março de 2012

sábado, 24 de março de 2012

Evoluir ou não?



Corto realizado por Pablo Llorens para SETEM Comunitat Valenciana.

El dilema entre "Homo consumus" y "Homo responsabilus" analizado por el Prof. Setemius desde su programa "Grandes Documentales Marcianos".
¡¡¡No seas Homo consumus!!! ¡¡¡Evoluciona!!

sexta-feira, 23 de março de 2012

quinta-feira, 22 de março de 2012

Musica de bio - Organelas

Mitocôndria, mitocôndria




É quem faz respiração



Ribossomo sintetiza



Proteínas de montão



O Complexo de Golgi



Armazena secreção



Lisossomo tem enzimas



Prá fazer a digestão



O retículo apresenta



A função de transportar



O centríolo participa



Da divisão celular

Como ultrapassar um ciclista sem colocá-lo em risco

Willian Cruz
Última atualização em 16 de março de 2012
Entenda no vídeo abaixo, de forma prática, como ultrapassar um ciclista de maneira que não o coloque em risco.

Uma boa convivência nas ruas começa por sabermos como dividir o espaço viário. Afinal, a rua é de todos nós.
Sobre o vídeo
O vídeo é mais uma ação da CicloLiga, uma união de coletivos de ciclistas que se juntaram para propor, juntos, projetos e ideias que transcendam o universo de atuação de cada coletivo e que ajudem a promover uma cidade mais amiga de quem usa a bicicleta para se deslocar.
Fazem parte desse coletivo de coletivos: Bike Anjo - Coletivas - Coletivo CRU - Vá de Bike
Da página do vídeo, no site da CicloLiga:

Um metro e meio: a distância que aproxima – Vídeo 1
A Cicloliga lança hoje o primeiro vídeo de uma série sobre o artigo 201 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que protege os ciclistas contra as finas de automóveis e cujo descumprimento já vitimou tantos ciclistas. Embora exista e esteja presente em um código federal que é o CTB, o artigo 201 não é fiscalizado e seus infratores não são punidos pela CET. Veja nesse primeiro vídeo como cumprir o artigo 201 é fácil para qualquer motorista com bom senso e respeito. Veja também quais são as consequências do não cumprimento da lei, sempre endossadas pela omissão da CET.
Saiba o que o Código de Trânsito diz sobre a bicicleta e os ciclistas

Entenda a importância do 1,5m ao ultrapassar uma bicicleta

Fonte: http://vadebike.org/2012/03/como-ultrapassar-ciclista-1-5m-sem-risco/

22/3 - Dia Mundial da Água

terça-feira, 20 de março de 2012

20/3 - Início do Outono




Início do Equinócio de Outono no Hemisfério Sul
ou Equinócio de Primavera no Hemisfério Norte

sexta-feira, 16 de março de 2012

Hoje é sexta-feira!!!

"Água em pó" pode ser a salvação do meio ambiente

Redação do Site Inovação Tecnológica - 26/08/2010
Cada partícula da água em pó contém uma gota de água cercada por sílica modificada, que impede que as gotas de água se combinem e voltem a formar um líquido. [Imagem: Ben Carter]
É uma substância absolutamente incomum, mas com potencial para ser quase tão útil quanto sua irmã mais molhada.

A água em pó, ou "água seca", poderá ser usada para absorver e armazenar o dióxido de carbono (CO2), o gás de efeito estufa que contribui para o aquecimento global.

Usos da água em pó
Mas o pó brilhante, parecido com açúcar, parece promissor para uma série de outros usos. Por exemplo, na química verde, como um componente mais ambientalmente amigável para acelerar as reações químicas utilizadas para fabricar inúmeros produtos.

A técnica de fabricação da água em pó também poderá ser empregada para acondicionar e transportar líquidos industriais perigosos, que poluem o meio ambiente e causam grandes transtornos quando acontecem acidentes com vagões e caminhões que os transportam.

"Não há nada parecido como ela," disse Ben Carter, da Universidade de Liverpool, na Inglaterra, ao apresentar a água em pó durante a reunião da Sociedade Norte-Americana de Química. "Mas temos esperanças de ver a água seca fazendo grandes ondas no futuro."

O que é água seca

Carter explicou que a substância ficou conhecida como água seca porque ela consiste em 95 por cento de água e, ainda assim, é um pó seco.

Cada partícula do pó contém uma gota de água cercada por sílica modificada - a sílica, ou óxido de silício, é o principal componente da areia de praia. O revestimento de sílica impede que as gotas de água se combinem e voltem a formar um líquido.

O resultado é um pó fino, com propriedades que o tornam capaz de absorver grandes quantidades de gases, que se combinam quimicamente com as moléculas de água para formar o que os químicos chamam de hidrato.

Estranha quanto possa parecer, a água seca, ou água em pó, não é algo novo. Ela foi criada em laboratório em 1968, mas a dificuldade de fabricação manteve-a restrita a uma curiosidade científica. Em 2006, cientistas da Universidade de Hull, também no Reino Unido, resolveram estudar sua estrutura.

A partir de então, o grupo do professor Andrew Cooper, do qual Carter faz parte, tem-se dedicado a aprimorar as técnicas de fabricação da água seca e encontrar usos industriais para ela.

Metano e química verde

Um dos usos mais promissores envolve o uso da água seca como um material de armazenamento de gases, incluindo o dióxido de carbono. Em escala de laboratório, os pesquisadores descobriram que a água seca absorve mais de três vezes mais dióxido de carbono do que a água comum com sílica.

Esta capacidade de absorver grandes quantidades de dióxido de carbono na forma de um hidrato pode tornar o pó de água útil para ajudar a reduzir o aquecimento global, sugerem os cientistas.

A água seca também é útil para o armazenamento de metano, um componente do gás natural, o que ajudar a expandir a sua utilização como fonte de energia no futuro. Os cientistas acenam com a possibilidade de usar o pó para coletar e transportar gás natural de depósitos economicamente inviáveis.

Esse hidrato de metano existe de forma natural no fundo do oceano, sob uma forma de metano congelado mais conhecida como "gelo que queima".

A água em pó também pode fornecer uma maneira mais segura e mais conveniente para armazenar o metano para seu uso como combustível em automóveis.

Com interesse para a indústria química, os cientistas demonstraram que a água seca é um meio promissor para acelerar reações catalisadas entre o hidrogênio e o ácido maleico para produzir ácido succínico, uma matéria-prima usada na fabricação de medicamentos, alimentos e outros bens de consumo.

Os cientistas agora estão procurando parceiros comerciais e acadêmicos para desenvolver a tecnologia da água seca e, finalmente, fazê-la chegar ao mercado.

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=agua-em-po-agua-seca

Moscas sem sexo buscam consolo no álcool

RICARDO BONALUME NETO
DE SÃO PAULO

Ela não quis transar com você? Encha a cara! Esse é o curioso recado que as moscas-das-frutas deram agora para os humanos --embora não seja algo propriamente novo entre o Homo sapiens.

Mas, além de uma curiosidade científica, é algo que poderá ajudar no tratamento de problemas como alcoolismo, vício em drogas e obesidade.

Pesquisadores demonstraram que machos de moscas do gênero Drosophila que eram impedidos de fazer sexo comiam mais comida "temperada" com álcool. Já machos que tinham sexo à vontade mostravam pouco interesse em ficar "calibrados".

Sexo, álcool e drogas são formas de "recompensa" para o cérebro. Na falta de um, o outro pode ser uma consolação, segundo o estudo publicado na revista "Science".

Mas que mecanismo bioquímico poderia estar por trás disso? A equipe, que teve como principal autora a pesquisadora Galit Shohat-Ophir, da Universidade da Califórnia, foi atrás de potenciais moléculas envolvidas, e descobriu que o "culpado" era o neurotransmissor chamado NPF (neuropeptídeo F).

Moscas macho que faziam sexo consumiam menos álcool e tinham maiores níveis de NPF. Moscas sem sexo consumiam mais álcool e tinham menores níveis de NPF.

Os humanos têm uma molécula semelhante, NPY (neuropeptídeo Y), também vinculada a questões de vício em drogas, álcool e prazer em geral criado por interações sociais ligadas à recompensa.

"Em mamíferos, incluindo seres humanos, o NPY pode ter um papel semelhante. Se for o caso, seria possível argumentar que a ativação do sistema de NPY poderia reverter os efeitos nocivos de experiências traumáticas e estressantes, que frequentemente levam ao abuso de drogas", disse Shohat-Ophir.

"Humanizar" os resultados da pesquisa é algo difícil de colocar de lado, diz o autor de um comentário sobre a pesquisa publicado na mesma edição da "Science", Troy Zars, da Universidade de Missouri. "Mas sua relevância para o comportamento humano obviamente ainda não está estabelecida", conclui.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/1062747-moscas-sem-sexo-buscam-consolo-no-alcool.shtml

quinta-feira, 15 de março de 2012

Astrônomos descobrem asteroide que passará próximo à Terra em 2013

Em Paris
Uma equipe de astrônomos descobriu que um asteroide de 50 metros de diâmetro passará muito próximo à Terra em 2013, mas não deverá trazer nenhuma ameaça ao planeta, informou nesta quinta-feira (15) a Agência Espacial Europeia (ESA).

Batizada como 2012 DA14, a rocha passará mais próxima da Terra do que muitos satélites comerciais e, por isso, que a ESA ressalta a "necessidade de vigiar de forma sistemática" o entorno do planeta, já que existem mais de 500 mil objetos próximos de sua órbita.
A imagem divulgada pela ESA (agência espacial europeia) mostra um asteroide de 50 metros de diâmetro que passará muito próximo à Terra em 2013. Na imagem, o asteroide é o ponto amarelo, e a Terra, o verde. Segundo a agência a proximidade do objeto não deverá trazer nenhuma ameaça ao planeta ESA/Deimos-Space
O "incomum asteroide" foi descoberto no último dia 22 de fevereiro pelo observatório LSSS (A Sagra Sky Survey), situado no sudeste da Espanha.
Segundo Jaime Nomen, um dos descobridores, "o objeto é bastante difícil de ser observado por causa de sua trajetória, sua grande velocidade angular, seu tênue brilho e as características de sua órbita", que passa muito acima do plano orbital da Terra e, por isso, poderia ter passado "completamente despercebido".
Os cientistas também confirmaram que a trajetória do asteroide fará ele se aproximar novamente da Terra no dia 15 de fevereiro de 2013. Segundo o comunicado, serão "apenas 24 mil quilômetros" de distância.
"É uma distância completamente segura. No entanto, poderemos observá-lo com uns telescópios convencionais", disse o responsável do estudo de Objetos Próximos à Terra (NÉONS) do Escritório para o Conhecimento do Meio Espacial (SSA) da ESA, Detlef Koschny, que acrescentou que o descobrimento do 2012 DA14 foi casual e registrado em uma zona onde não se costumam encontrar asteroides".
Segundo os cálculos preliminares, o 2012 DA14 tem uma órbita muito parecida com a da Terra - "com um período de 366.24 dias, um dia a mais que o ano terrestre - e cruzará com a trajetória de nosso planeta duas vezes ao ano".
Em 2013, os cientistas devem estudar com detalhe como os campos gravitacionais da Terra e da Lua interferem em sua trajetória, o que ajudará a calcular "o risco de impacto em futuras visitas", acrescentou Koschny, que ressaltou que já está desenvolvendo um sistema de telescópios ópticos automatizados capazes de detectar asteroides como este.
Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/efe/2012/03/15/astronomos-descobrem-asteroide-que-passara-proximo-a-terra-em-2013.jhtm

15/3 - Dia da Escola

quarta-feira, 14 de março de 2012

quinta-feira, 1 de março de 2012

FÓRUM - Praça de Touros

Lembrando aos caros alunos, que deverão postar como COMENTÁRIO um texto Dissertativo, Argumentativo e Científico.
Então não deverá ser entregue em 1a. pessoa e tão pouco expressando sua opinião. Mas sim dados, questionamentos e argumentos que corroborem para a ideia que você queira defender.

Saliento, não importa para avalição se é a favor ou contra, mas tão somente como você irá ARGUMENTAR E FUNDAMENTAR seu texto.

Texto postado no FACEBOOK.

Até onde se pode acreditar que a satisfação de sentimentos como nobreza e aventura podem compensar o sofrimento de outrém!!

Texto paras reflexão e se quiser participar do fórum, se sinta a vontade!

Afinal acredito na máxima: PENSO, LOGO EXISTO!
Admiro muito o conhecimento e sua divulgação do mundo equestre português quanto ao belíssimo cavalo Lusitano.

Mas não posso me calar quanto ao tema comentado. Onde se ressalta o fato de “jovens comandados por pessoas incapazes para fazer barulho”.
E refuto prontamente os quesitos apresentados: 1º. que a espécie estaria extinta: na evolução biológica toda espécie apta ao ambiente sobrevive, queira o homem ou não. 2º. O cavalo Lusitano não precisa de tal mídia para se manter no mundo equestre: aliás ele está muito além dessas imagens dantescas apresentadas nas praças. 3º. A coragem do povo português está registrada na história da humanidade por conta dos seus feitos através dos últimos milênios. Apesar que a insistência em manter apresentações com tais requintes de crueldade é uma nódoa na ilibada história do povo português.
A arte da cavalaria que busca a realização do melhor do cavaleiro e do cavalo pode ser atingida por diferentes técnicas, não somente a alemã. Logo um povo tão dedicado aos equinos como os portugueses também podem se mostrar mestres através de novos métodos sem copiar quaisquer escola estrangeira.
O que o mundo equestre tal qual o mundo de forma geral, precisa repensar é o quanto vale na busca desenfreada por satisfação financeira e de seu ego o sofrimento alheio.
Afinal nada mais do que a paúra e aflição instintiva leva o touro a se debelar contra seu algoz. Tal qual nas arenas romanas onde ao menos o homem se defendia do leão em menor grau de desvantagem, mas ainda assim no papel de escravo ao qual era por resignação que se submetia. Da mesma forma por amor ou submissão ao freio/bridão o majestoso cavalo se submete ao embate. Para muitas vezes sair ferido e /ou morto deste palco, cujos expectadores se regozijam com o sofrimento infligido a um ser vivo e assim buscar a comprovação de sua coragem. Mas lembremos que quem está no solo e é o primeiro alvo, é sua montaria, e o cavaleiro só mostra habilidade de se manter em equilíbrio. O que não tira seu mérito, mas o resultado é baseado na dor alheia.
As praças de tourada seguem regulamentos nos quais os toureiros são designados “MATADORES” também. Promovem benefícios a sociedade é verdade, dedicam parte de suas rendas a campanhas, a instituições, mas não sejamos hipócritas em acreditar que de fato o fazem por serem benevolentes, afinal o que se quer alcançar é uma mudança na forma como são encarados pela sociedade atual. Já se foi o tempo que o ser humano precisa se embater com um animal para aplacar a fome e o frio. Portanto tratar os demais seres vivos, cavalos e touros com um mínimo de respeito, faria de nós, humanos, seres menos egoístas e hipócritas. Afinal a plateia das touras chegam as lágrimas se o cavalo ou cavaleiro enfrentam um dia trágico, tanto quanto nos comovemos ao saber de rinhas de cães ou de outras espécies de mamíferos e/ou aves. Mas volto a perguntar: Qual é o real valor de ver sangue e suor correndo por medo e submissão???
Então concluo: um Viva a toda sorte de atividades que envolvam cavalos e cavaleiros em harmonia, onde não haja sofrimento e somente prazer na convivência. Quem é bravo e corajoso não precisa provar, simplesmente o é!
Um VIVA aos MESTRES, como o Senhor que nos permite conhecer e usufruir da convivência com tão belos seres, tal qual o cavalo.
Um último VIVA a VIDA com DIGNIDADE e RESPEITO para todos que compartilham dessa viagem nesta nave chamada GAIA, mas que podemos afetivamente chama-la de TERRA.

Fonte sobre o regulamento: http://toureio.no.sapo.pt/principais/regulamento.htm